Última hora

Cuba liberta septuagenário canadiano preso há três anos

Cuba liberta septuagenário canadiano preso há três anos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Já está em casa, no Canadá, o empresário Cy Tokmakjian, libertado após ter estado preso três anos em Cuba, por alegados delitos económicos.

Natural da Síria e com origens arménias, o empresário, de 74 anos, é proprietário de uma empresa internacional de transportes e tinha sido detido em setembro de 2011 em Cuba, junto dos também empresários canadianos Marco Vinicio Rodriguez e Claudio Vetere.

Os três foram acusados de “crimes em prejuízo da atividade económica e de contratação, falsificação de documentos bancários e comerciais, tráfico de moeda e evasão fiscal”. Em setembro do ano passado, um tribunal cubano condenou Tokmakjian a 15 anos de prisão, Vetere a 12 e Rodriguez a 8.

Apenas é conhecida a libertação de Tokmakjian. “Cy regressou a casa em bom estado de saúde e com um ânimo fantástico. Está desejoso de passar tempo com a família, incluindo os três filhos e os sete netos”, revelou o advogado do empresário, sem dar mais detalhes sobre o caso.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.