Audiência de Polanski à porta fechada

Audiência de Polanski à porta fechada
De  Euronews com Reuters, EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A justiça polaca está a avaliar o pedido de extradição do realizador Roman Polanski apresentado pelos Estados Unidos por uma condenação que remonta a

PUBLICIDADE

A justiça polaca está a avaliar o pedido de extradição do realizador Roman Polanski apresentado pelos Estados Unidos por uma condenação que remonta a 1977.

Esta quarta-feira e a pedido da defesa, a audiência de Polanski decorreu à porta fechada, num tribunal de Cracóvia.

Os analistas não acreditam que o cineasta venha a ser extraditado devido à sua popularidade na Polónia. Certo, é que a última palavra é do Ministério da Justiça a quem cabe validar ou não a decisão do tribunal.

Em 1977, o realizador admitiu ter tido relações sexuais com uma adolescente de 13 anos durante uma sessão fotográfica em Los Angeles. No ano seguinte ano foi condenado pela justiça norte-americana e fugiu depois de ter cumprido 42 dias de prisão.

O realizador foi detido em 2009 em Zurique, na Suíça, onde permaneceu até 2010 em prisão domiciliária.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares de polacos marcharam contra o aborto em Varsóvia

Polónia: eleições locais mostram que conservadores continuam a ser força política de peso

Eleições locais na Polónia testam Governo de Tusk há menos de quatro meses no poder