Liga Europa: A um Sporting de "luxo" só faltou marcar para passar aos "oitavos"

Liga Europa: A um Sporting de "luxo" só faltou marcar para passar aos "oitavos"
De  Francisco Marques com LUSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

O Sporting fez um jogo de “luxo”, mas esbarrou numa exibição heroíca do suíço Diego Benaglio, não conseguiu marcar e foi eliminado pelo Wolfsburgo nos 16 avos de final da Liga Europa. O guarda-redes dos alemães evitou mesmo que houvesse goleada em Alvalade, mas o segundo classificado da “Bundesliga” até se pode queixar de uma grande penalidade que ficou por marcar já perto dos 90 minutos.

JAAAA! Das wars – es bleibt beim 0:0. Die Wölfe ziehen ins Achtelfinale der EuropaLeague</a> ein! <a href="https://twitter.com/hashtag/SCPWOB?src=hash">#SCPWOB</a></p>&mdash; VfL_Wolfsburg (VfL_Wolfsburg) 26 fevereiro 2015

Primeira parte de grande nível do Sporting, a dominar por completo o segundo classificado da “Bundesliga”, mas a esbarrar num bafejado Diego Bengalio. O guarda-redes suíço do Wolfsburgo, que já passou pelo Nacional da Madeira, travou um intenso duelo com o japonês Tanaka e até ajuda do poste teve para manter a baliza inviolável nos primeiros 45 minutos, período em que Rui Patrício foi praticamente um espetador.

Que sina. Uma grande jogada de João Mário pela esquerda, que serve Tanaka para um remate para golo. Benaglio defende e a bola vai ao poste

— Sporting CP (@Sporting_CP) 26 fevereiro 2015

Na segunda parte, o Sporting manteve o controlo, mas os alemães começaram a aproveitar melhor os espaços abertos pelo balanceamento ofensivo dos “leões”. Aos 54 minutos, De Bruyne acertou no poste. Um aviso. Mas o jogo era do Sporting e a equipa manteve a pressão.

Marco Silva promoveu o regresso do argelino Slimani à equipa, por troca com Adrien Silva. Aconteceu logo depois de uma perdida de Carillo, um dos melhores. O peruano sairia aos 78 minutos, para a entrada de Carlos Mané. Tanaka cedeu o lugar a Montero. Nova frente de ataque à procura de melhor sorte.

Já sem Vieirinha nos alemães, Benaglio continuava a ser o homem da noite e o responsável por não estar a haver uma goleada em Alvalade. Que o diga Mané, que também esbarrou no suíço.

Bas Doste quase marca, mas é impedido por Jonathan Silva. Parece ficar penalty por marcar a favor do Wolfsburg. #R3virav0lta#DiaDeSporting

— Sporting CP (@Sporting_CP) 26 fevereiro 2015

Aos 84 minutos ficou, apesar de tudo, um penálti por marcar para o Wolfsburgo. O holandês Bas Dost ficou em posição privilegiada, o argentino Jonathan Silva vindo de trás, tocou no adversário, que caiu. Muitos protestos alemães e com razão. Logo a seguir, é Nani a obrigar Benaglio a mais uma grande defesa. O Sporting foi muito melhor, mas não conseguiu marcar e está mesmo fora da Liga Europa. O “leão”, contudo, quase nem tem tempo para limpar as feridas, tem de levantar já a cabeça porque no domingo há novo jogo grande, no Dragão, para o campeonato português.

Os outros portugueses nesta noite europeia

Com Rolando a titular, o Anderlecht foi derrotado (3-1) e eliminado em Moscovo, pelo Dinamo. O Zenit, de Vilas Boas e com Danny e Neto no “11”, recebeu, vence (3-0) e eliminou o PSV de Eindhoven. O Sevilha, com Carriço e Diogo Figueiras a titular, foi vencer a Moenchengladbach e continua a defender o título ganho na Liga Europa, na final da época passada diante do Benfica.

Com Miguel Veloso e Antunes no “11”, o Dinamo de Kiev recebeu os franceses do Guimgamp e conseguiu a reviravolta na eliminatória (3-1). O Legia, com Orlando Sá a titular e Hélio Pinto a entrar, foi derrotado em casa e afastado pelo Ajax de Amesterdão. Derrotado em casa na semana passada, o Trabzonspor, com Bosingwa a titular, voltou a perder em Nápoles e despediu-se da Liga Europa.

Depois das cenas de violência vividas no fim de semana na visita ao Panathinaikos, que ditaram mesmo a suspensão da Liga grega, Vitor Pereira não conseguiu conduzir o Olympiacos aos oitavos de final da Liga Europa. Os gregos empataram a dois golos com os ucranianos do Dnipro. A equipam de Bruno Gama (entrou aos 75 minutos) segue em prova. O sorteio realiza-se a 27 de fevereiro.

16 avos de final, segunda mão:

Dinamo Moscovo (Rus) – Anderlecht (Bel), 3-1 (0-0 na primeira mão)
Zenit (Rus) – PSV Eindhoven (Hol), 3-0 (1-0) *Besiktas (Tur) – Liverpool (Ing), 1-0/ 5-4, após penáltis (0-1)
Fiorentina (Ita) – Tottenham (Ing), 2-0 (1-1)
Inter Milão (Ita) – Celtic (Esc), 1-0 (3-3)
Dinamo Kiev (Ucr) – Guingamp (Fra), 3-1 (1-2)
Salzburgo (Aut) – Villarreal (Esp), 1-3 (1-2)
Legia Varsóvia (Pol) – Ajax (Hol), 0-3 (0-1)
B. Mönchengladbach (Ale) – Sevilha (Esp), 2-3 (0-1)
SPORTING (Por) – Wolfsburgo (Ale), 0-0 (0-2)
Everton (Ing) – Young Boys (Sui), 3-1 (4-1)
Athletic Bilbau (Esp) – Torino (Ita), 2-3 (2-2)
Club Brugge (Bel) – Aalborg (Din), 3-0 (3-1)
Olympiacos (Gre) – Dnipro (Ucr), 2-2 (0-2)
Nápoles (Ita) – Trabzonspor (Tur), 1-0 (4-1)

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Transferências 2023/24: Os maiores negócios e as derradeiras contratações

Lionel Messi vence a Bola de Ouro pela oitava vez

Portugal, Espanha e Marrocos vão organizar o Mundial de Futebol de 2030