A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rússia: Opositor Boris Nemtsov assassinado em Moscovo

Rússia: Opositor Boris Nemtsov assassinado em Moscovo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Boris Nemtsov, opositor do presidente Vladimir Putin, foi assassinado em Moscovo. De acordo com as primeiras informações, Nemtsov foi abatido com quatro tiros no peito. Tinha 55 anos.

O político liberal foi um dos protegidos de Boris Yeltsin na década de noventa. Em março de 1997 chegou ao posto de primeiro-ministro adjunto com a pasta e a missão de reformar o setor energético. A carreira fulgurante de Nemtsov transformou-o num potencial sucessor de Boris Yeltsin. Mas a crise financeira de 1998 seria fatal para as suas aspirações. Quando Yelstin abandonou o poder nas mãos de Vladimir Putin, Nemtsov tornou-se numa das vozes mais críticas do Kremlin.