EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Japão recorda atentados do metro de Tóquio

Japão recorda atentados do metro de Tóquio
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Japão promete “não esquecer”, no dia em que assinala o vigésimo aniversário dos atentados do metro de Tóquio. Duas décadas depois dos ataques com

PUBLICIDADE

O Japão promete “não esquecer”, no dia em que assinala o vigésimo aniversário dos atentados do metro de Tóquio.

Duas décadas depois dos ataques com gás sarin que intoxicaram mais 6 mil pessoas, vitimando 13, em plena hora de ponta, o país assinalou a data com várias cerimónias oficiais.

O ataque, reivindicado pela seita apocalíptica “Verdade Suprema”, deixou dezenas de pessoas em estado vegetativo.

Os trabalhadores do metro, familiares das vítimas, assim como o primeiro-ministro Shinzo Abe recordaram a tragédia na estação de Kasumigasek, em Tóquio.

Treze membros da seita, incluindo o seu líder tinham sido condenados à pena de morte e cinco à prisão perpétua.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sismo no Japão faz nove feridos

Tribunal de Sapporo declara que negar casamento entre pessoas do mesmo sexo é inconstitucional

Foguetão Kairos explodiu segundos depois de ser iniciado o lançamento