A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Nigéria: Cinco centenas de mulheres e crianças raptadas pelo Boko Haram

Nigéria: Cinco centenas de mulheres e crianças raptadas pelo Boko Haram
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo radical nigeriano Boko Haram raptou cinco centenas de mulheres e crianças, e matou algumas dezenas, na localidade fronteiriça de Damasak, dias depois da chegada das forças internacionais. A notícia é avançada por habitantes que se queixam que as tropas são insuficientes para proteger a localidade que se situa na fronteira com o Níger.

Desde meados de fevereiro que um contingente internacional tenta reconquistar terreno ao Boko Haram, que estendeu as suas ações aos países vizinhos. A ofensiva tem dado alguns resultados, mas está longe de devolver a paz às populações, numa altura em que os radicais nigerianos prestaram vassalagem ao autodenominado Estado Islâmico.