Ucrânia: Detidos por corrupção em direto na televisão

Ucrânia: Detidos por corrupção em direto na televisão
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O combate à corrupção nos serviços do Estado ucraniano, prometido pelo governo, fez as primeiras vítimas mediáticas. Dois altos dirigentes foram

PUBLICIDADE

O combate à corrupção nos serviços do Estado ucraniano, prometido pelo governo, fez as primeiras vítimas mediáticas. Dois altos dirigentes foram detidos em plena reunião do governo transmitida em direto pela televisão.

O presidente dos serviços de emergência do Estado, Serhiy Bochkovsky, e o adjunto, Vasyl Stoyesky, são acusados de extorquir avultadas somas de fornecedores de combustível.

Os chefes regionais do departamento – equivalente à proteção civil em Portugal e defesa civil no Brasil – também foram demitidos.

“Quando o país está em guerra e quando contamos todos os tostões – eles roubam as pessoas e o Estado. Vou pedir ao Ministério do Interior para levar a cabo todos os procedimentos previstos na lei e à procuradoria para abrir um inquérito-crime”, declarou o primeiro-ministro, Arseni Iatseniouk.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden promete que pacote de ajuda militar e financeira à Ucrânia chegará "rapidamente"

Ataques russos na Ucrânia fazem pelo menos oito mortos

Pentágono promete envio imediato de armas à Ucrânia, se financiamento for aprovado