Última hora
This content is not available in your region

Malam Fatori, uma localidade devastada pelo Boko Haram

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa com Luis Carballo
Malam Fatori, uma localidade devastada pelo Boko Haram
Tamanho do texto Aa Aa

Malam Fatori deve reconstruir-se e reaprender a viver, depois de quase cinco meses sob o jugo do Boko Haram.

A euronews acompanhou uma coluna militar, no primeiro acesso de um meio de comunicação à localidade fronteiriça do norte da Nigéria, desde que, há poucos dias, a força conjunta do Chade e do Niger libertou os habitantes de Malam Fatori do grupo extremista islâmico.

“Quando o Boko Haram aqui chegou, há cinco meses”, explica uma residente, “fugimos para o mato durante algum tempo, mas acabámos por voltar. O Boko Haram pegou nas mais jovens e casou-as à força com os seus combatentes. Quando chegaram os soldados, eles fugiram com as raparigas e mataram o resto, antes de escaparem em todas as direções”.

Para além de uma localidade devastada, a força conjunta africana fez questão de mostrar dezenas de armas supostamente apreendidas durante os combates. O Exército do Chade diz ter morto centenas de membros do Boko Haram.

O enviado da euronews, Luis Carballo, explica que “a guerra contra o Boko Haram está a ser combatida nas fronteiras entre a Nigéria, o Niger, o Chade e os Camarões. A participação na ofensiva, em particular por parte das tropas chadianas, está a alterar a situação e, pela primeira vez em muitos anos, os ‘jihadistas’ estão a perder terreno”.