Ucrânia: Controlado o fogo florestal em Chernobyl

Ucrânia: Controlado o fogo florestal em Chernobyl
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O primeiro-ministro da Ucrânia, Arseni Iatseniuk, assegurou que o incêndio florestal que deflagrou na terça-feira perto de Chernobyl está controlado

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro da Ucrânia, Arseni Iatseniuk, assegurou que o incêndio florestal que deflagrou na terça-feira perto de Chernobyl está controlado e não representa uma ameaça para a central, cenário em 1986 do pior acidente nuclear civil.

“O nível de radiação está dentro da normalidade. O nível máximo de segurança é 50 micro Roentgen, e na na zona de exclusão é atualmente de 21, no máximo, e em Kiev apenas 11”, afirmou Iatseniuk.

Após o acidente de Chernobyl foi criada uma zona de exclusão de 30 quilómetros à volta da central nuclear acidentada. No limite dessa zona fica a pequena aldeia de Dityatki.

“Vimos o fumo e o fogo daqui. Qual foi o aumento da radiação, ninguém sabe”, disse um habitante.

Cerca de 200 bombeiros participam no combate ao incêndio, apoiados por três dezenas de veículos, aviões e helicópteros de combate a fogos.

O chefe da Comissão para as Situações de Emergência disse que os bombeiros localizaram 15 focos de incêndio, o que sugere uma origem criminosa ou negligente.

“As equipas de socorro já retiraram a população que vivia na zona de exclusão de Chernobyl. Neste momento o fogo está controlado. Na aldeia de Dityatki, o nível de radiação é normal e seguro, de acordo com responsáveis da Comissão para as Situações de Emergência”, sublinhou Dmytro Polonsky, da Euronews, em Dityatki.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dois anos após invasão russa, ucranianos enfrentam situação muito difícil no Donbass

Três mortos em ataques russos a várias cidades ucranianas

Ferrovia tornou-se vital para a economia da Ucrânia após a guerra