Última hora

Israelitas de origem etíope manifestam-se contra a discriminação

Israelitas de origem etíope manifestam-se contra a discriminação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de israelitas de origem etíope manifestaram-se no centro de Telavive, este domingo, contra a violência policial e a discriminação. A concentração terminou em confrontos entre a polícia e os manifestantes. Pelo menos 11 agentes e quatro manifestantes acabaram com ferimentos ligeiros. A policia recorreu à força depois dos participantes no protesto começarem a lançar pedras e garrafas.

A manifestação tem lugar três dias depois de uma iniciativa semelhante em Jerusalém, organizada após a divulgação de um vídeo que mostra dois agentes da polícia a agredir um soldado de descendência etíope em uniforme militar. Os dois agentes foram entretanto suspensos e o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu vai reunir-se com a vítima e os ativistas da comunidade etíope na segunda-feira.

Centenas de israelitas de outras origens apoiaram os manifestantes. Mais de 135.000 judeus de origem etíope vivem em Israel.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.