Última hora
This content is not available in your region

SNP faz história na Escócia

SNP faz história na Escócia
Tamanho do texto Aa Aa

Eis que nasce uma estrela. Nicola Sturgeon e o Partido Nacional Escocês poderão ser a grande revelação destas eleições britânicas.

"Se a aritmética parlamentar significar que existe uma maioria anti-conservadora, então o SNP está pronto a trabalhar com os trabalhistas para manter Cameron fora de Downing Street", Nicola Sturgeon, SNP

Sondagens efetuadas à boca das urnas davam aos nacionalistas escoceses 58 dos 59 assentos parlamentares reservados à Escócia.

Um resultado a todos os títulos extraordinário que, a confirmar-se, irá decerto dificultar a tarefa do próximo executivo.

“Se a aritmética parlamentar significar que existe uma maioria anti-conservadora, então o SNP está pronto a trabalhar com os trabalhistas para manter Cameron fora de Downing Street. Caso não se verifique este resultado, então os deputados do SNP irão para Westminster para defender a Escócia contra o governo conservador. Mas ainda espero que possamos manter Cameron afastado”, afirma Nicola Sturgeon.

Na Escócia os trabalhistas estão a sofrer perdas enormes. O trabalhista Douglas Alexander, responsável pelas relações externas e um dos principais estrategas do partido, perdeu o seu lugar frente a Mhairi Black, do SNP, a deputada mais jovem eleita para o Parlamento desde 1667.

O líder dos trabalhistas na Escócia, Jim Murphy, perdeu igualmente o assento parlamentar.

Seja como for, à medida que os resultados vão surgindo, uma coisa parece clara, o SNP está a fazer a história na Escócia.