Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Burundi: Continuam as manifestações contra a candidatura de Pierre Nkurunziza

Burundi: Continuam as manifestações contra a candidatura de Pierre Nkurunziza
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Burundi manifestações contra a candidatura do presidente Pierre Nkurunziza a um terceiro mandato voltaram a degenerar em confrontos com as forças policiais. Várias pessoas foram detidas.

Na primeira aparição pública após a tentativa de golpe de estado para o derrubar, o presidente não fez qualquer referência ao facto, mas alertou para a eminência de um ataque do grupo islamita somali al Shabaab.

“Há muito tempo que falam do al Shabaab. Andam a brincar connosco. Mesmo o golpe de estado foi uma palhaçada. Andam a brincar, a começar por ele, mas não permitiremos. Continuaremos com os protestos até ele se afastar das eleições. Continuaremos mesmo que eles acabem connosco. Os nossos netos continuarão. Lutaremos até à última geração”, disse um manifestante.

A descrença popular em Pierre Nkurunziza subsiste apesar da remodelação ministerial feita quando regressou ao país após a tentativa de golpe de estado levada a cabo pelo general Godefroid Niyombare, um ex-companheiro de armas do presidente durante a guerra civil (1993-2006).