EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Contagem decrescente para o 60.º Festival Eurovisão da Canção

Contagem decrescente para o 60.º Festival Eurovisão da Canção
Direitos de autor 
De  Euronews com AFP, EFE, Lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Últimos preparativos para a edição 2015 do Festival Eurovisão da Canção, que celebra o 60.º aniversário, esta noite, na cidade de Viena, capital da Áustria.

PUBLICIDADE

Últimos preparativos para a edição 2015 do Festival Eurovisão da Canção, que celebra o 60.º aniversário, esta noite, na cidade de Viena, capital da Áustria.

WATCH TONIGHT: The Grand Final from Vienna!, read more at http://t.co/llHOR3H9pU#eurovision

— Eurovision (@Eurovision) 22 maio 2015

O aparato de luz e som não mascara o desinteresse cada vez maior em relação a um evento que já foi um ponto de encontro em torno do televisor quase obrigatório para várias gerações de famílias. Mesmo assim, há quem pague cerca de 50 euros para assistir aos ensaios e mais de 200 para presenciar o concurso.

#Eurovision: Sete razões para assistir à megafesta cafona que une a Europa http://t.co/b4n0H9h3Vhpic.twitter.com/Sieey7UekS

— BBC Brasil (@bbcbrasil) 22 maio 2015

“Wars for Nothing” (Guerras para nada) é a canção da Hungria. “É importante cantar um tema que tenha uma mensagem”, afiança Boggie. A intérprete diz estar muito “orgulhosa” por representar o seu país com um tema que, segundo a própria, irá diferenciá-la da concorrência.

A mensagem da música também parece ser fundamental para o concorrente do Azerbaijão. Elnur Huseynov, muito popular na Turquia, onde venceu a última edição do concurso “The Voice”, diz que a sua canção fala da necessidade de “não desistir (…) de lutar por um futuro melhor, de lutar pela felicidade”.

A enviada especial da euronews a Viena, Andrea Hajagos, refere que o espetáculo não é só na arena onde decorre o concurso. Nas últimas semanas, Viena tem sido palco de muitas iniciativas paralelas.

Os semáforos gay friendly de Viena para a Eurovision 2015! - Sapatômica | http://t.co/u6dKbJPf8dpic.twitter.com/3BHOt1Oieg

— Sapatômica (@sapatomica) 18 maio 2015

É o caso do concurso de sósias de Conchita Wurst, que conquistou o galardão para a Áustria no ano passado.

Uma versão britânica de Conchita considera que o festival da Eurovisão é “uma das únicas ocasiões em que a Europa – e este ano também a Austrália – se junta para celebrar a música” e confessa gostar de escutar as canções que são interpretadas na língua do próprio país.

Este ano, Rússia, Suécia e Itália são os favoritos de mais uma final que volta a não contar com a presença de Portugal. Leonor Andrade foi eliminada nas meias-finais.

Obrigado Leonor! Obrigado pela garra e talento deixados em Viena e que muito orgulhou os portugueses. #Eurovisionpic.twitter.com/iZaUsB7ow1

— Olhar a Televisão (@olharatelevisao) 21 maio 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

As razões do sucesso da habitação social na Áustria

Ataques antissemitas aumentam 300% na Áustria

Maior evento desportivo da Europa para a comunidade LGBTQ já começou em Viena