EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Tbilissi: Abatido o Tigre branco que matou um homem

Tbilissi: Abatido o Tigre branco que matou um homem
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Foi abatido o tigre branco que esta quarta-feira matou um homem, na capital da Geórgia. O felino tinha fugido, juntamente com outros animais, do

PUBLICIDADE

Foi abatido o tigre branco que esta quarta-feira matou um homem, na capital da Geórgia.

O felino tinha fugido, juntamente com outros animais, do Jardim Zoológico, no fim de semana, depois de chuvas torrenciais terem caído sobre Tbilissi.

O homem, com mais de 40 anos, foi atacado por volta do meio-dia quando entrava num armazém, a poucas centenas de metros do jardim zoológico.

“Quando ele entrou o tigre saltou e mordeu-o no pescoço. No início não podíamos entrar armazém então quebrámos a barras de fero e o tigre conseguiu fugir pois estava assustado”, afirmou uma testemunha ocular, Alexander Shavgulashvili.

As autoridades anunciaram, na segunda-feira, que todos os animais tinham sido capturados ou dados como mortos. Este tigre branco esteve escondido no edifício, no centro da cidade, onde acabou por ser abatido pela polícia.

O ministro georgiano do Interior, Vakhtang Gomelauri, afirma que “de acordo com as informações que tínhamos, não haveria mais animais à solta. Alguns animais foram abatidos dentro da jaula, outros foram abatidos durante a noite”.

A enxurrada que atingiu Tbilissi, no domingo, matou, pelo menos 17 pessoas.

Mais de três centenas dos animais do Jardim Zoológico acabaram por morrer afogadas ou abatidas pela polícia.

Alguns defensores dos direitos dos animais acusam as autoridades de abate-los indiscriminadamente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Geórgia numa encruzilhada à medida que lei da influência estrangeira aprofunda divisões

Comissão de Veneza pede revogação de lei polémica na Geórgia

Presidente da Geórgia garante em entrevista à Euronews que vai vetar lei dos "agentes estrangeiros"