EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Iémen: Carros armadilhados deixam rasto de sangue em Sana

Iémen: Carros armadilhados deixam rasto de sangue em Sana
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A capital do Iémen, Sana, foi palco de quatro explosões de carros armadilhados. Pelo menos 50 pessoas morreram. Os ataques foram reivindicados pelo

PUBLICIDADE

A capital do Iémen, Sana, foi palco de quatro explosões de carros armadilhados. Pelo menos 50 pessoas morreram. Os ataques foram reivindicados pelo grupo Estado Islâmico.

As explosões tiveram lugar junto a mesquitas e a um quartel-general da milícia xiita Huthi que controla a capital há vários meses e que tem sido alvo de bombardeamentos da aviação liderada pela Arábia Saudita.

“O carro carregado de explosivos estava a passar na rua e tinha as pessoas na mira. Estava carregado com explosivos muito poderosos”, diz uma testemunha.

Totalmente destruída ficou também a casa do chefe da delegação do governo no exílio, Abdel Aziz al-Jubari, que participa nas negociações de paz em Genebra. O ataque foi perpetrado pelas milícias Huthi.

“Hoje, enquanto estávamos aqui em Genebra com as mentes e corações abertos para encontrar uma solução fui, infelizmente, surpreendido com a notícia de que a minha casa foi pelos ares. É lamentável que as maneiras e comportamentos das pessoas cheguem a este ponto”, desabafou.

De acordo com o ministro dos Negócios Estrangeiros iemenita, ainda não houve progressos nas conversações de paz. Desde março já morreram pelo menos 2600 civis e a crise humanitária agrava-se de dia para dia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Terraço do edifício que ruiu em Palma de Maiorca era ilegal

Mais de 2000 dados como mortos após deslizamento de terras na Papua-Nova Guiné

O que fez colapsar o restaurante Medusa em Maiorca?