Euro2015 sub-21: Portugal a caminho do Rio

Euro2015 sub-21: Portugal a caminho do Rio
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Um empate a uma bola frente à Suécia foi suficiente para Portugal carimbar o passaporte para as meias-finais do Campeonato da Europa de sub-21, garantindo desde já um lugar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A partida terminou em festa para ambas as equipas, uma vez que a conjugação de resultados no Grupo B permitiu que ambas as equipas seguissem em frente.

RESULTS: Portugal win Group B, Sweden progress as runners-up! England 1-3 Italy Portugal 1-1 Sweden #U21EUROpic.twitter.com/EB54ONpOR5

— UEFA Under-21 (@UEFAUnder21) 24 junho 2015

Portugal dominou o encontro mas nunca conseguiu traduzir esse domínio em golos, uma triste sina da equipa das quinas. Rui Jorge precisou de recorrer ao banco para encontrar finalmente o caminho do golo.

GOAL! Portugal 1-0 Sweden (Gonçalo Paciência 82) #U21EUROpic.twitter.com/ieZ2Ep5r5J

— UEFA Under-21 (@UEFAUnder21) 24 junho 2015

Faltavam oito minutos para os noventa, Iuri Medeiros criou, Gonçalo Paciência marcou. O golo de Portugal cimentava a vitória no grupo mas também obrigava a Suécia a regressar a casa, pelo que foi sem surpresa que os suecos se lançaram no ataque.

Foram recompensados aos 89 minutos, quando Simon Tibbling aproveitou um ressalto para bater José Sá.

Super-sub SimonTibbling</a> may have just saved Sweden! &#10;He latches onto the loose ball in the box and beats José Sá low to his right. <a href="https://twitter.com/hashtag/U21EURO?src=hash">#U21EURO</a></p>&mdash; UEFA Under-21 (UEFAUnder21) 24 junho 2015

O golo valeu o apuramento para os nórdicos e não pareceu incomodar a equipa portuguesa, que até ao apito final se limitou a trocar a bola no seu meio campo.

Afinal de contas, ambas as equipas tinham o objetivo cumprido, não valia a pena correr riscos desnecessários.

Portugal regressa aos Jogos Olímpicos 12 anos depois da última presença. Antes, tem a possibilidade real de conseguir um feito inédito: sagrar-se campeão europeu de esperanças. Para isso, terá de levar de vencida a Alemanha em Olomouc, no sábado.

GRUPO A (Praga)

Primeira jornada
República Checa — Dinamarca, 1-2
Alemanha — Sérvia, 1-1

Segunda jornada
Sérvia — República Checa, 0-4
Alemanha — Dinamarca, 3-0

Terceira jornada
Rep. Checa — Alemanha, 1-1
Dinamarca — Sérvia, 2-0

Classificação

1.° Dinamarca (3J — 2v — 0e — 1d — 4-4g): 6 pts
2.° Alemanha (3J — 1v — 2e — 0d — 5-2g): 5 pts
3.° Rep. Checa (3J — 1v — 1e — 1d — 6-3g): 4 pts
4.° Sérvia (3J — 0v — 1e — 2d — 1-7g): 1 pt

GRUPO B (Olomouc e Uherske Hradiste)

Primeira jornada
Itália — Suécia, 1-2
Inglaterra — Portugal, 0-1

Segunda jornada
Suécia — Inglaterra, 0-1
Itália — Portugal, 0-0

Terceira jornada
Inglaterra — Itália, 1-3
Portugal — Suécia, 1-1

PUBLICIDADE

Classificação

1.° Portugal (3J — 1v — 2e — 0d — 2-1g): 5 pts
2.° Suécia (3J — 1v — 1e — 1d — 3-3g): 4 pts
3.° Itália (3J — 1v — 1e — 1d — 4-3g): 4 pts
4.° Inglaterra (3J — 1v — 0e — 2d — 2-4g): 3 pts

Meias-finais

(Sábado, 27 de junho:)
Portugal — Alemanha, Olomouc
Dinamarca — Suécia, Praga

Final
(30 de junho)

PUBLICIDADE
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

As nove prioridades de Luís Montenegro para as primeiras semanas do Governo

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP

Novo governo já tomou posse. Marcelo deixa aviso: "Mandato será complexo"