EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Euro2015 sub-21: Portugal a caminho do Rio

Euro2015 sub-21: Portugal a caminho do Rio
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Um empate a uma bola frente à Suécia foi suficiente para Portugal carimbar o passaporte para as meias-finais do Campeonato da Europa de sub-21, garantindo desde já um lugar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A partida terminou em festa para ambas as equipas, uma vez que a conjugação de resultados no Grupo B permitiu que ambas as equipas seguissem em frente.

RESULTS: Portugal win Group B, Sweden progress as runners-up! England 1-3 Italy Portugal 1-1 Sweden #U21EUROpic.twitter.com/EB54ONpOR5

— UEFA Under-21 (@UEFAUnder21) 24 junho 2015

Portugal dominou o encontro mas nunca conseguiu traduzir esse domínio em golos, uma triste sina da equipa das quinas. Rui Jorge precisou de recorrer ao banco para encontrar finalmente o caminho do golo.

GOAL! Portugal 1-0 Sweden (Gonçalo Paciência 82) #U21EUROpic.twitter.com/ieZ2Ep5r5J

— UEFA Under-21 (@UEFAUnder21) 24 junho 2015

Faltavam oito minutos para os noventa, Iuri Medeiros criou, Gonçalo Paciência marcou. O golo de Portugal cimentava a vitória no grupo mas também obrigava a Suécia a regressar a casa, pelo que foi sem surpresa que os suecos se lançaram no ataque.

Foram recompensados aos 89 minutos, quando Simon Tibbling aproveitou um ressalto para bater José Sá.

Super-sub SimonTibbling</a> may have just saved Sweden! &#10;He latches onto the loose ball in the box and beats José Sá low to his right. <a href="https://twitter.com/hashtag/U21EURO?src=hash">#U21EURO</a></p>&mdash; UEFA Under-21 (UEFAUnder21) 24 junho 2015

O golo valeu o apuramento para os nórdicos e não pareceu incomodar a equipa portuguesa, que até ao apito final se limitou a trocar a bola no seu meio campo.

Afinal de contas, ambas as equipas tinham o objetivo cumprido, não valia a pena correr riscos desnecessários.

Portugal regressa aos Jogos Olímpicos 12 anos depois da última presença. Antes, tem a possibilidade real de conseguir um feito inédito: sagrar-se campeão europeu de esperanças. Para isso, terá de levar de vencida a Alemanha em Olomouc, no sábado.

GRUPO A (Praga)

Primeira jornada
República Checa — Dinamarca, 1-2
Alemanha — Sérvia, 1-1

Segunda jornada
Sérvia — República Checa, 0-4
Alemanha — Dinamarca, 3-0

Terceira jornada
Rep. Checa — Alemanha, 1-1
Dinamarca — Sérvia, 2-0

Classificação

1.° Dinamarca (3J — 2v — 0e — 1d — 4-4g): 6 pts
2.° Alemanha (3J — 1v — 2e — 0d — 5-2g): 5 pts
3.° Rep. Checa (3J — 1v — 1e — 1d — 6-3g): 4 pts
4.° Sérvia (3J — 0v — 1e — 2d — 1-7g): 1 pt

GRUPO B (Olomouc e Uherske Hradiste)

PUBLICIDADE

Primeira jornada
Itália — Suécia, 1-2
Inglaterra — Portugal, 0-1

Segunda jornada
Suécia — Inglaterra, 0-1
Itália — Portugal, 0-0

Terceira jornada
Inglaterra — Itália, 1-3
Portugal — Suécia, 1-1

Classificação

PUBLICIDADE

1.° Portugal (3J — 1v — 2e — 0d — 2-1g): 5 pts
2.° Suécia (3J — 1v — 1e — 1d — 3-3g): 4 pts
3.° Itália (3J — 1v — 1e — 1d — 4-3g): 4 pts
4.° Inglaterra (3J — 1v — 0e — 2d — 2-4g): 3 pts

Meias-finais

(Sábado, 27 de junho:)
Portugal — Alemanha, Olomouc
Dinamarca — Suécia, Praga

Final
(30 de junho)

PUBLICIDADE
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Coprodução luso-croata vence Festival Curtas de Vila do Conde

Princesa Leonor condecorada com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo na visita a Portugal

Portugal reforça apoio militar à Ucrânia com mais 95 milhões de euros