EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Austrália: manifestantes pró e contra emigração envolvidos em confrontos

Austrália: manifestantes pró e contra emigração envolvidos em confrontos
Direitos de autor 
De  Euronews com Reuters, AFP, APTN
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Manifestantes anti-emigração receiam que o país seja infiltrado por muçulmanos radicais.

PUBLICIDADE

Fim de semana de violência na Austrália.

Centenas de manifestantes nacionalistas e anti-racismo confrontaram-se em Melbourne este sábado.

Unidos sob a plataforma “Reclaim Australia” vários grupos de extrema-direita manifestaram-se contra a emigração, um tema que tem vindo a monopolizar as atenções do eleitorado australiano.

Do lado oposto, grupos anti-racismo apelaram à tolerância e à defesa do multiculturalismo.

Registaram-se momentos de violência.
A polícia recorreu a gás-pimenta para afastar os manifestantes pró e contra emigração em Melbourne.

Os apoiantes da extrema-direita receiam que o país seja infiltrado por muçulmanos radicais inspirados por grupos terroristas como o Estado Islâmico.

Os confrontos voltaram a repetir-se este domingo em Sydney onde as autoridades prenderam cinco pessoas.

De destacar ainda a presença de um deputado da maioria conservadora, George Christensen, numa das manifestações anti-Islão.

Desde 2013 que o primeiro-ministro Tony Abbott tem vindo a defender políticas anti-emigração.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Quase duzentas baleias-piloto encalham na costa ocidental da Austrália

Austrália: cidadão francês que enfrentou atacante em Sydney torna-se residente permanente

Relatório alerta para branqueamento de corais provocado pelo aquecimento dos oceanos