EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

FIFA: Valcke suspenso por alegada corrupção

FIFA: Valcke suspenso por alegada corrupção
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com REUTERS, DAILY TELEGRAPH
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O braço direito de Sepp Blatter está envolvido num caso de especulação de bilhetes.

PUBLICIDADE

Os escândalos na FIFA começam a atingir a cúpula. O secretário-geral da instituição, Jerôme Valcke, foi suspenso depois de uma investigação das autoridades suíças à venda de bilhetes para o último mundial, por parte de uma empresa que os vendia bastante acima do preço oficial.

Valcke terá recebido luvas pelo negócio, segundo o diretor da empresa em causa, JB Sports Marketing, Heinz Schild: “Numa reunião, confirmou-me que iria escolher 12 jogos atrativos para nós. Em troca, fizemos um acordo com ele, em como ele ficaria com 50% do produto da venda de bilhetes.”, diz Schild.

Valcke alega que nunca recebeu dinheiro e que terminou o contrato mal percebeu que a JB Sports estava a vender os bilhetes a preços especulativos.

“Os bilhetes não foram disponibilizados, porque houve um problema interno na FIFA relativamente à atribuição de bilhetes, que terão sido, presumivelmente, entregues a outro fornecedor exclusivo, Match Hospitality. Por isso, nunca ficámos com esses bilhetes e o acordo acabou por fracassar”, explica Schild.

Estas acusações vêm juntar-se a outras, que segundo o diário britânico Daily Telegraph estão também a ser investigadas, de acordo com as quais Valcke teria recebido um suborno de 10 milhões de dólares pela organização do Mundial de 2010 na África do Sul.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Super League contra UEFA: o que se segue?

Fim da greve na liga feminina de futebol em Espanha

Estados Unidos eliminados pela Suécia nos "oitavos" de final do Mundial Feminino de Futebol