Defensores de Espanha também cantam vitória na Catalunha

Defensores de Espanha também cantam vitória na Catalunha
De  Ricardo Figueira com Carlos Marlasca
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Ciudadanos, defensor da permanência em Espanha, foi o segundo partido mais votado

PUBLICIDADE

Se os independentistas catalães cantam vitória nestas eleições, os partidários da permanência em Espanha também se dizem vencedores. Somadas, as forças pró-Espanha conseguiram a maioria dos votos expressos, embora menos deputados.

Inés Arrimadas, líder da filial catalã do partido Ciudadanos, conseguiu colocar a lista no segundo lugar: “Artur Mas marcou estas eleições porque disse que a maioria dos catalães estava cm ele, mas a maioria dos catalães virou-lhe as costas e escolheu a coexistência”, disse no discurso.

GRACIAS! Somos la alternativa política en Cataluña. Seguiremos trabajando por todos los catalanes ahora con el triple de fuerza. Bona nit!!!

— Inés Arrimadas (@InesArrimadas) September 28, 2015

O Partido Popular, do primeiro-ministro Mariano Rajoy, não quer sequer ouvir falar em independência. Nestas eleições, o PP teve apenas 8,5 por cento: “Em Espanha, a lei vai ser cumprida e o país vai continuar unido. O que devemos discutir é a prosperidade, em vez de estar a criar divisões”, diz Pablo Casado, vice-diretor de comunicação do PP.

O correspondente da euronews em Madrid, Carlos Marlasca, conclui: “A estratégia de imobilidade do governo espanhol não impediu as forças independentistas de conseguir a maioria absoluta no parlamento catalão. Os meses que faltam até às eleições de dezembro podem ser muito longos para o primeiro-ministro Mariano Rajoy”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Independentistas ganham maioria no parlamento da Catalunha

Um arquiteto juntou-se a 17 famílias e nasceu a primera cooperativa de habitação em Madrid

Só em janeiro, Canárias receberam mais migrantes do que na primeira metade de 2023