This content is not available in your region

Congo: Referendo para decidir reforma constitucional

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Congo: Referendo para decidir reforma constitucional

Os congoleses foram este domingo às urnas para um referendo que visa aprovar ou rejeitar uma reforma constitucional.

Esta reforma visa a que o presidente Denis Sassou Nguesso possa recandidatar-se a mais uma eleição presidencial em 2016.

O projeto submetido a referendo, rejeitado pela oposição, quer eliminar as duas barreiras para uma nova candidatura de Sassou Nguesso: o limite de idade e o número de mandatos.

Sassou Nguesso, que voltou ao poder por um golpe militar em 1997, depois de um primeiro mandato de 1979-1991, acumula mais de 31 anos de presidência no Congo.

“As coisas estão a correr bem. Mas agora, se as pessoas não querem votar, se não querem vir … aqueles que querem vir virão.” “Votar é um dever cívico, mas visto o que está a acontecer aqui, mesmo se pagarem milhões as pessoas não vão tocar nesses boletins de voto.”

Os políticos que fazem campanha contra o referendo tinham apelado a uma campanha de “desobediência civil”, mas pediram calma até o final da semana altura que devem ser conhecidos os resultados.