A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Iémen: bombardeamentos da coligação árabe estão a chegar ao fim

Iémen: bombardeamentos da coligação árabe estão a chegar ao fim
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As operações militares da coligação liderada pela Arábia Saudita no Iémen estão a chegar ao fim e o foco vira-se agora para a resolução política do conflito. A afirmação do chefe da diplomacia britânica, Philip Hammond, foi subscrita pelo homólogo saudita depois de um encontro em Riade, apesar de continuarem os bombardeamentos e combates intensos em território iemenita.

Adel al-Jubair disse que “têm havido ganhos substanciais no terreno. A maioria do território do Iémen que tinha sido capturado pelos rebeldes, foi reconquistado pelas forças governamentais”.

A Arábia Saudita negou esta quarta-feira que a coligação tenha bombardeado um hospital da ONG Médicos Sem Fronteiras, como afirmou a organização não governamental e o secretário-geral da ONU. As instalações médicas, na cidade de Saada, no norte do Iémen, foram atingidas na segunda-feira, num ataque que não terá, no entanto, feito vítimas.