A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Egito ainda não aponta para atentado em explosão de avião russo

Egito ainda não aponta para atentado em explosão de avião russo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Egito continua a esquivar a tese do atentado na explosão do avião russo com 224 pessoas a bordo sobre a península do Sinai.

O responsável egípcio da equipa de investigadores disse este sábado, numa conferência de imprensa no Cairo, que o inquérito está ainda “numa fase de recolha de informação” e que “todas as hipóteses estão em aberto”.

Ayman al-Muqaddam adiantou que “um ruído, ouvido no último segundo da gravação” registada por uma das caixas negras será alvo de “uma análise espectral, em laboratórios especializados, para identificar a sua natureza”.

Peritos britânicos e norte-americanos defendem há vários dias a tese de um atentado e a explosão já foi reivindicada pelo grupo extremista Estado Islâmico, ativo no norte do Sinai.

O correspondente da euronews, Mohammed Shaikhibrahim, diz que “a ausência de investigadores de outros países na conferência gerou alguma confusão e suscitou várias questões, abrindo a porta a mais especulação e controvérsia acerca das razões da queda do avião russo”.

Muqaddam disse também que os destroços do aparelho – que se espalharam por uma distância de 13 quilómetros – serão transferidos para um local seguro no Cairo, onde serão submetidos a novas análises.