EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Atentados de Paris: desfiles "contra as amálgamas" em França e Itália

Atentados de Paris: desfiles "contra as amálgamas" em França e Itália
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com Lusa / AFP / SVT
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mais de 10.000 pessoas desfilaram na cidade de Toulouse, no sul de França, com mensagens contra a barbárie e as amálgamas, uma semana depois dos

PUBLICIDADE

Mais de 10.000 pessoas desfilaram na cidade de Toulouse, no sul de França, com mensagens contra a barbárie e as amálgamas, uma semana depois dos atentados que fizeram 130 mortos em Paris.

Os manifestantes quiseram deixar claro que, no rescaldo dos ataques, não se deve confundir o Islão e a comunidade muçulmana com as ações de extremistas.

Um participante frisava que é importante “mostrar uma união contra as amálgamas e divisões na sociedade e que todos querem paz”.

Mesma mensagem em Roma e Milão, onde representantes da comunidade muçulmana de Itália desfilaram com a mensagem “Não em meu nome”, numa referência tanto aos atentados reivindicados pelos extremistas do Estado Islâmico em Paris, como ao ataque contra o hotel Radisson na capital do Mali.

O presidente da Confederação Islâmica de Itália, Mustapha Hajraoui, afirmou que “estes grupos terroristas só criam ódio entre povos e religiões. A religião [islâmica] não é uma religião de terrorismo, nem de guerra, mas sim de paz”.

No centro de Estocolmo, o embaixador da França na Suécia participou num minuto de silêncio em homenagem às vítimas dos atentados de Paris. Manifestações semelhantes foram organizadas noutros pontos da Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia turca prende três homens suspeitos de ligação aos ataques de Paris

Homenagens e vigílias marcam uma semana dos atentados de Paris

Macron pede que antissemitismo seja discutido nas escolas após violação de uma jovem judia