Egito: Eleições legislativas marcadas pela fraca participação

Egito: Eleições legislativas marcadas pela fraca participação
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os egípcios de 13 províncias dirigiram-se, este domingo, às urnas para eleger um novo Parlamento, na segunda fase das eleições legislativas.

PUBLICIDADE

Os egípcios de 13 províncias dirigiram-se, este domingo, às urnas para eleger um novo Parlamento, na segunda fase das eleições legislativas. O escrutínio, que se prolonga esta segunda-feira, está a ser marcado pela fraca participação e pelo desinteresse da população.

O presidente Abdel Fattah al-Sisi considerou estas eleições como um marco no caminho delineado pelo exército para a democracia.

A população espera mudanças.

“Vim votar para o bem do nosso país, pelo futuro dos jovens e para viver em segurança e estabilidade. Espero que o país não entre em colapso e permaneça forte”, anseia uma egípcia.

Um habitante do Cairo, a capital do Egito, espera “que este Parlamento seja diferente dos anteriores e espero que consigamos uma mudança positiva no nosso país através da cooperação, a todos os níveis, da nossa sociedade.”

O escrutínio, que conta com uma segunda volta nos dias 1 e 2 de dezembro, tem como objetivo reativar a Assembleia Nacional após um interregno de mais de três anos.

São muitos os desafios que o próximo Parlamento vai enfrentar. O mais proeminente é a erradicação da fome e da pobreza, e a deterioração dos serviços básicos dos cidadãos egípcios, que continuam à espera para alcançar os objetivos da revolução, que iniciaram há cerca de quatro anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eleições parlamentares no Irão começam com mais de 15 mil candidatos

Irão realiza eleições parlamentares na sexta-feira

Parlamento Europeu apela a investigação independente às eleições na Sérvia