EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

COP21: Ecologistas põem responsáveis políticos "na linha"

COP21: Ecologistas põem responsáveis políticos "na linha"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma “linha vermelha” a não ultrapassar nas discussões sobre o clima em Paris. Centenas de militantes de várias ONG’s sitiaram simbolicamente o local

PUBLICIDADE

Uma “linha vermelha” a não ultrapassar nas discussões sobre o clima em Paris.

Centenas de militantes de várias ONG’s sitiaram simbolicamente o local da conferência internacional, na sexta-feira, antes do acordo final esperado este sábado.

Um manifestante afirma, “é uma grande linha vermelha que simboliza os limites que os responsáveis políticos não devem ultrapassar para obter este acordo. É um grito de defesa dos pontos chave de um acordo, em termos de justiça e de financiamento e o objetivo é de mostrar aos dirigentes internacionais que não podem ultrapassar esta linha”.

Une ligne rouge de militants s'étire au cœur de la #COP21 pour rappeler les limites à respecter ds l'accord pic.twitter.com/CFUs3T37o9

— TV5MONDE Infos (@TV5MONDEINFO) December 11, 2015

Outra manifestante afirma, “esta é a nossa forma de demonstrar a esperança num acordo climático que dê a oportunidade à próxima geração e às seguintes de viver nas mesmas condições que nós. É uma oportunidade decisiva pois se não fizermos nada agora, não vai existir nem um plano B, nem um planeta B”.

Em paralelo, vários ativistas da organização Greenpeace tomaram de assalto o arco do triunfo, em Paris, para sublinhar a importância de apostar nas energias renováveis.

ACTION @fhollande pour sauver le climat, renouvelons l'énergie ! Il faut 100% d'ENR avant 2050 #100RE4all#solairepic.twitter.com/sA8mmc7fTU

— Greenpeace France (@greenpeacefr) December 11, 2015

Uma ação nos ares e sobre o asfalto – pintado com as cores do sol pelos ativistas – que terminou com a detenção de vários militantes da organização.

Depois de saudarem o projeto de acordo em cima da mesa, na quinta-feira, os representantes da sociedade civil não escondem o descontentamento face a temas como o abandono das energias fósseis no virar do século, um objetivo excluído do mais recente projeto de entendimento.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Campos Elísios transformam-se numa enorme mesa de piquenique

VivaTech 2024: Inteligência artificial é o centro das atenções na feira anual de tecnologia francesa

Polícia francesa expulsa cerca de 100 migrantes de acampamento junto à câmara de Paris