Última hora
This content is not available in your region

EUA: Reações ao último discurso sobre o estado da Nação

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
EUA: Reações ao último discurso sobre o estado da Nação
Tamanho do texto Aa Aa

Tal como noutras cidades do mundo, os bares de Washington serviram também de local para assistir o discurso sobre o estado da Nação.

No distrito de Colúmbia, onde 90% dos eleitores votaram Obama, a maior parte das pessoas estava satisfeita com o discurso.

Pudemos confirmar isso no Capitol City Brewery, um popular bar do centro de Washington.

“Acho que ele mostrou que ele lidera com exemplos, como apelar à unidade, para trabalhar-mos em conjunto, a colocar de lado as diferenças e a concentrarmo-nos nos problemas”, diz um homem.

Há quem já lamente a sua partida.

“Ele consegue estabelecer empatia e é bastante fácil gostar dele. Por isso estou triste por vê-lo partir, estou triste é o último discurso sobre o Estado da nação”, refere outro.

Mas para os republicanos, como o presidente da Comissão de Assuntos externos, tem havido uma falta de liderança.

“Nós precisamos de liderança norte-americana. Não podemos estar numa posição em que a nossa política está constantemente a ser colocado para trás”, defende Ed Royce.

As eleições estão marcadas para o dia 8 de novembro.

O correspondente da Euronews, Stefan Grobe, explica que
“foi a última grande oportunidade para Obama explicar o que fez e a sua visão para a América. Ele vai agora passar o testemunho ao futuro candidato Democrata, Hillary Clinton ou Bernie Sanders. Os dois enfrentam-se já no próximo debate democrático no domingo”.

Outras reações em vídeo

Mitch McConnell, líder da maioria do Senado:
“Já estamos à espera de um novo presidente…”

Rand Paul, candidato presidencial: “Um líder com recorde de falhanços”

Nikki Haley, Governadora da Carolina do Sul:
“O Presidente caiu”