Viúva de Litvinenko quer que Londres proíba Putin de viajar para o Reino Unido

Viúva de Litvinenko quer que Londres proíba Putin de viajar para o Reino Unido
Direitos de autor 
De  Euronews com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A viúva de Alexander Litvinenko pediu ao governo britânico que proíba Vladimir Putin de entrar para o Reino Unido. Na reação às conclusões do

PUBLICIDADE

A viúva de Alexander Litvinenko pediu ao governo britânico que proíba Vladimir Putin de entrar para o Reino Unido. Na reação às conclusões do inquérito sobre o homicídio do marido, Marina Litvinenko reclamou igualmente a David Cameron a expulsão de todos os agentes secretos russos mobilizados na embaixada em Londres. Na prática o inquérito não terá mais consequências do que o estabelecimento dos factos. No entanto, a viúva do ex-espião do KGB sente-se satisfeita porque a verdade foi revelada.

David Cameron: Report confirms #Litvinenko death was 'state sponsored' https://t.co/v0GdD1cNPDpic.twitter.com/CdVd23zJLE

— ITV News (@itvnews) 21 janeiro 2016

O primeiro-ministro britânico, que esta quinta-feira discursou no fórum de Davos, disse que vão ser tomadas medidas. No entanto, David Cameron recordou que o Reino Unido precisa de manter relações diplomáticas com a Rússia porque é essencial na busca de uma solução para a crise na Síria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sunak anuncia: voos de deportação do Reino Unido para o Ruanda devem começar dentro de poucos meses

Cozinhou, arrumou e até entregou refeições: príncipe William voltou aos compromissos públicos

Girafa de espécie rara sai à rua pela primeira vez no Zoo de Chester