Última hora
This content is not available in your region

Crédit Suisse regista prejuízos de 2,6 mil milhões de euros

Crédit Suisse regista prejuízos de 2,6 mil milhões de euros
Tamanho do texto Aa Aa

O Crédit Suisse regressa aos prejuízos pela primeira vez desde 2008.

O segundo maior banco helvético teve prejuízos líquidos de 2,9 mil milhões de francos suíços, o equivalente a 2,6 mil milhões de euros.

Os números revelam-se superiores ao previsto.

O banco contabilizou uma forte desvalorização da divisão de banco de investimento e enfrenta elevados custos de reestruturação.

O novo presidente executivo, Tidjane Thiam, reconhece que o contexto é difícil mas pretende avançar com os planos de reestruturação, ou seja, o despedimento de cerca de 5 mil pessoas em todo o mundo até final de 2018.

A meio da sessão desta quinta-feira, as ações recuavam 10%, atingindo o valor mais baixo desde 1992. Desde o início do ano, as ações desvalorizaram 32 por cento.