Última hora
This content is not available in your region

Lenda do ballet russo Anna Pavlova homenageada em Sóchi

Lenda do ballet russo Anna Pavlova homenageada em Sóchi
De  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O Festival de Artes de Sóchi na Rússia presta homenagem à bailarina Anna Pavlova. Nascida no final do século XIX, a carismática bailarina russa criou, em 1911, a primeira companhia de bailado a realizar digressões internacionais.

Foi uma grande artista, uma das primeiras bailarinas a viajar pelo mundo. É por isso que todos conhecem Anna Pavlova.

“No nosso tributo, tentámos representar a forma como ela dançava. Foi uma grande artista, uma das primeiras bailarinas a viajar pelo mundo. É por isso que todos conhecem Anna Pavlova”, sublinhou o coreógrafo Stéphane Fournial.

Anna Pavlova tornou-se célebre pelo papel em “A morte do cisne”, uma coreografia de Mikhail Fokin, com música de Camille Saint-Saëns. Em Sóchi, Mariya Yakovleva interpretou o papel celebrizado pela lenda do ballet russo.

“É uma grande honra ser uma das bailarinas que teve a sorte de poder aprender esta dança e dar vida ao cisne. A técnica de pontas de Pavlova foi glorificada pelo ballet russo”, contou Mariya Yakovleva, bailarina do ballet de Viena.

“A Bela Adormecida” do compositor russo Tchaikovsky é outro bailado associado ao nome de Anna Pavlova.

“Este bailado faz sonhar rapazes e raparigas porque vemos príncipes e princesas em palco. É sempre mágico incarnar esta personagem”, afirmou o bailarino Audric Bezard, da Ópera Nacional de Paris.

O programa de homenagens à bailarina russa contou com a participação de companhias de dança de vários países, nomeadamente, da Finlândia, da Noruega e de Itália.