This content is not available in your region

OPEP não deverá cortar produção em junho

Access to the comments Comentários
De  Patricia Cardoso  com REUTERS
OPEP não deverá cortar produção em junho

A estratégia da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) não deverá mudar em breve. É o que pensam fontes e delegados da OPEP.

Na reunião de junho não deverá, por isso, haver um corte na produção, apesar dos preços do petróleo estarem a recuar há 18 meses e estarem em mínimos de 2003.

As fontes evocadas pela agência Reuters estimam que, antes de agirem, os países membros da OPEP querem testar o compromisso assumido pela Rússia, país fora da organização, e o ver qual é a verdadeira produção do Irão, após o fim das sanções.

Teerão informou a OPEP que, em janeiro, produziu 3,4 milhões de barris por dia, o que é superior ao estimado pelos observadores da organização.

No mês passado, Rússia, Arábia Saudita, Qatar e Venezuela acordaram manter a produção nos níveis de janeiro. É o primeiro acordo petrolífero em 15 anos.