Nações Unidas impõem o mais rígido conjunto de sanções à Coreia do Norte

Nações Unidas impõem o mais rígido conjunto de sanções à Coreia do Norte
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Conselho de Segurança das Nações Unidas votou unanimemente, China incluída, um pacote de sanções à Coreia do Norte. UN approves harsh new

PUBLICIDADE

O Conselho de Segurança das Nações Unidas votou unanimemente, China incluída, um pacote de sanções à Coreia do Norte.

UN approves harsh new #sanctions on #NorthKorea drafted by US, China; Obama welcomes move https://t.co/nmP4T7A9jlpic.twitter.com/Sja53elpkL

— The Straits Times (@STcom) March 2, 2016

A embaixadora americana junto das Nações Unidas, Samantha Power, diz que este é o conjunto de sanções mais rígido das últimas duas décadas sobre Pyongyang, mas pode não ser suficiente: “Enquanto os esforços prévios multilaterais, incluindo os 4 pacotes de sanções anteriores deste Conselho, tornaram mais difíceis para a Coreia do Norte os avanços no programa de armas nucleares, o regime continua a avançar, como demonstrou nos últimos dois meses.”

#NorthKorea sanctions res is strongest imposed by UNSC in 20yrs & puts pressure squarely on ruling elite. My rmks: https://t.co/S9iV9TkJlg

— Samantha Power (@AmbassadorPower) March 2, 2016

Estas sanções incluem inspeção a toda a carga que entre ou saia do território norte-coreano, para além de pôr os nomes dos representantes comerciais norte-coreanos na Síria, Irão e Vietname na lista negra das Nações Unidas, ao lado de 12 entidades norte-coreanas.

As sanções agora impostas surgem depois de a Coreia do Norte ter realizado um teste nuclear a 6 de Janeiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Quase metade dos animais migratórios estão em risco

Israel diz ter descoberto túneis do Hamas debaixo da sede da UNRWA

Médio Oriente: Rússia critica "agressão descarada" dos EUA, Washington defende ataques proporcionais