EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Casais homossexuais manifestam-se em Roma pelo reconhecimento das suas famílias

Casais homossexuais manifestam-se em Roma pelo reconhecimento das suas famílias
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de pessoas participaram, este sábado, na Piazza del Popolo, em Roma, numa manifestação a favor da “adoção de enteado” entre os casais de

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas participaram, este sábado, na Piazza del Popolo, em Roma, numa manifestação a favor da “adoção de enteado” entre os casais de homossexuais. Situação que, por agora, só é permitida aos heterossexuais.

#unionicivili, in migliaia a Roma: 'non ci basta' https://t.co/iTlPgw2joypic.twitter.com/foxJfuSe3G

— Agenzia ANSA (@Agenzia_Ansa) 5 mars 2016

Recentemente, o Senado italiano aprovou um projeto de lei que autoriza a união civil entre pessoas do mesmo sexo mas com reservas:

“Manifestamo-nos porque foi dado um primeiro passo tímido, que foi o reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo mas não é suficiente. Estamos aqui para pedir um casamento igualitário, estamos aqui para pedir a aprovação da “adoção de enteado” que deve ser um gesto cívico, como já é em muitos outros países”, afirmou Graziano Ostuni, um dos manifestantes.

“O laço familiar dos meus filhos com uma das mães não é reconhecido por lei e isso não está certo. É por isso que estamos aqui para pedir que os nossos filhos não sejam tratados como cidadãos de segunda”, desabafou outra.

O casamento civil entre casais do mesmo sexo foi aprovado mas do texto final foi retirada a possibilidade de custódia partilhada entre os dois pais e é permitida apenas ao pai ou mãe biológicos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dezenas de manifestantes anti-NATO entram em confronto com a polícia em Nápoles

Agricultores italianos fazem mais de 10 horas de trator para se manifestarem em Roma

A ofensiva de Itália contra as famílias não tradicionais