Novo Presidente da FIFA envolvido no escândalo 'Panama Papers'

Novo Presidente da FIFA envolvido no escândalo 'Panama Papers'
De  Marco Lemos com guardian, bbc
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chegou à liderança da FIFA com a promessa de acabar com a corrupção e recuperar a imagem do organismo que gere futebol mundial, mas Gianni Infantino acaba de ser envolvido no escândalo 'Panama Papers'

PUBLICIDADE

Chegou à liderança da FIFA com a promessa de acabar com a corrupção e recuperar a imagem do organismo que gere futebol mundial, mas Gianni Infantino acaba de ser envolvido no escândalo ‘Panama Papers’.

Segundo o jornal ‘The Guardian’, quando era diretor dos serviços jurídicos da UEFA, Infantino assinou contratos de direitos televisivos com dois homens de negócios, que foram entretanto acusados de suborno e estão envolvidos tanto no escândalo da FIFA como nas manobras de evasão fiscal e branqueamento de capitais ligadas à sociedade panamiana de advogados Mossack Fonseca.

Em causa, estão contratos assinados entre 2003 e 2006 com Hugo e Mariano Jinkis, que tentam evitar a extradição da Argentina para os Estados Unidos, onde o FBI os quer interrogar por suspeita de terem pago milhões de dólares de subornos a responsáveis do futebol na África do Sul para garantirem os direitos televisivos de torneios regionais.

O jornal britânico “The Guardian” está a cobrir o escândalo ‘Panama Papers’ em direto na internet:

Panama Papers raise questions over past TV deals of new Fifa boss – live https://t.co/QddVpdWpGd

— The Guardian (@guardian) April 5, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Abramovich financiou Putin através de offshore em Chipre, denuncia investigação

Autarca búlgaro acusado de corrupção com fundos comunitários

Filho de Biden declara-se não culpado de fraude fiscal após suspensão de acordo