A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Japão: Autoridades alertam para réplicas violentas após sismo de 6,4

Japão: Autoridades alertam para réplicas violentas após sismo de 6,4
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O sul do Japão foi abalado esta tarde por um violento terramoto de 6,4 de magnitude na escala de Richter.

A zona mais afetada é a da cidade de Kumamoto, onde o abalo teria destruído mais de uma dezena de edifícios e provocado pelo menos três mortos e 89 feridos, vários dos quais em estado grave.

As autoridades locais registaram uma réplica de forte intensidade, duas horas e meia após o primeiro abalo, com epicentro na falha de Futagawa-Hinagu.

Os cientistas japoneses emitiram um aviso para a possibilidade de novas e violentas réplicas nos próximos dias, tendo alertado para o risco da derrocada de edifícios.

O representante do governo, Yoshihide Suga, garantiu que as centrais nucleares da região não foram afetadas pelo tremor de terra.

A imprensa local refere, no entanto, danos graves no sistema de fornecimento de eletricidade e de gás, assim como vários incêndios, esta noite, em Kumamoto.