A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Previsões da Netflix desiludem

Previsões da Netflix desiludem
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Netflix, o serviço de vídeo em “streaming”, tem 81,5 milhões de clientes em todo o mundo.

Entre janeiro e março, as receitas líquidas atingiram 28 milhões de dólares e conseguiu 6,7 milhões de novos clientes.

Mas o ritmo de crescimento da clientela desacelera, sobretudo, nos Estados Unidos.

No segundo trimestre, no mercado norte-americano, a Netflix espera conquistar 500 mil novos subscritores. A isto espera juntar dois milhões no resto do mundo.

As previsões para o mercado norte-americano revelam-se inferiores às dos analistas e foram sancionadas na bolsa. As ações chegaram a cair 12%.

Além disso, a Netflix vê aumentar a concorrência.

A Amazon anuncia o lançamento de uma plataforma semelhante de vídeo em “streaming”, com subscrição mensal de nove dólares.