EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Primárias EUA: Bernie Sanders lamenta problemas nas votações

Primárias EUA: Bernie Sanders lamenta problemas nas votações
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A democrata Hillary Clinton venceu as primárias em Nova Iorque mas a vitória não foi pacífica. O seu adversário, Bernie Sanders, lamentou os

PUBLICIDADE

A democrata Hillary Clinton venceu as primárias em Nova Iorque mas a vitória não foi pacífica. O seu adversário, Bernie Sanders, lamentou os problemas que houve em centros de votação. Como o facto de cerca de 125 mil eleitores, da zona de Brooklyn, de onde é originário o senador, terem sido impedidos de votar porque os seus nomes desapareceram das listas. Situação confirmada por um responsável da comissão eleitoral, em comunicado, e que vai ser investigada pelas autoridades:

Estou, realmente, preocupado com a forma como foi conduzido o processo de votação no Estado de Nova Iorque e espero que o processo mude no futuro. E eu não estou sozinho nestas preocupações a entidade que controla as eleições, em Nova Iorque, também falou sobre irregularidades eleitorais”, afirmou Sandres.

“New York is a place for dreaming big. But New Yorkers also like to get things done.” —Hillary pic.twitter.com/K5uWCl3PKI

— Hillary Clinton (@HillaryClinton) 20 de abril de 2016

Polémicas à parte, também Donald Trump, está cada vez mais perto da nomeação republicana. O magnata do imobiliário elegeu 89 dos 95 delegados que estavam em jogo. Ted Cruz não elegeu nenhum. John Kasich, o governador do Ohio, que só venceu no seu estado, conquistou três delegados.

Thank you New York! I love you\#MakeAmericaGreatAgain#Trump2016pic.twitter.com/T1J0aUwMXl

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 20 de abril de 2016

Na próxima terça-feira vão a votos estados importantes da costa leste: Pensilvânia, Maryland, Connecticut e Rhode Island. Locais onde as sondagens atribuem a Trump, que conta já com 845 delegados contra 559 do seu principal adversário Ted Cruz, uma vantagem confortável.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"