EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Bombardeamento de hospital mata 30 pessoas na Síria

Bombardeamento de hospital mata 30 pessoas na Síria
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ataque deu-se em Alepo, onde a ofensiva das forças de Assad se intensifica.

PUBLICIDADE

Em Alepo, na Síria, o bombardeamento de um hospital fez, pelo menos, 30 mortos.

O hospital é apoiado pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) e está instalado numa zona controlada pelos rebeldes. O ataque terá partido das forças governamentais e visado diretamente o hospital.

Segundo um dos principais jornais da Síria, as forças fiéis ao presidente Bashar el-Assad preparam uma grande ofensiva para reconquistar Alepo. Os ataques intensificaram-se desde há uma semana.

#MSF is outraged at the destruction of Al Quds hospital in #Aleppo. Hospitals are #notatargetpic.twitter.com/TQ1hGhykSp

— أطباء بلا حدود سوريا (@MSF_Syria) April 28, 2016

Our supported hospital in #Aleppo was the main referral centre for paediatrics and had 8 doctors & 28 nurses. Hospitals #notatarget, #Syria

— MSF International (@MSF) April 28, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Síria: Enviado da ONU apela a EUA e Rússia a salvarem a trégua de Fevereiro

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado