EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Gviniashvili brilha no Grand Slam de Baku

Gviniashvili brilha no Grand Slam de Baku
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chegou ao fim o Grand Slam de Baku, em judo, com prestações discretas dos portugueses em prova este domingo. Jorge Fonseca foi eliminado no seu

PUBLICIDADE

Chegou ao fim o Grand Slam de Baku, em judo, com prestações discretas dos portugueses em prova este domingo. Jorge Fonseca foi eliminado no seu segundo combate e terminou na nona posição nos -100 kg. Yahima Ramirez caiu logo à primeira, derrotada pela cubana Yalennis Castillo nos -78 kg.

Beka Gviniashvili foi a grande estrela no terceiro e último dia no Azerbaijão. Tapado por Varlam Liparteliani na seleção da Geórgia para os Jogos Olímpicos nos -90 kg, o judoca de apenas 20 anos decidiu subir de categoria e passou a competir nos -100 kg em dezembro e para já, não se tem dado nada mal.

Gviniashvili conquistou este domingo a segunda medalha de ouro na categoria e tem lugar praticamente garantido no Rio de Janeiro depois de derrotar Miklós Cirjenics. O húngaro, carrasco de Jorge Fonseca na terceira ronda, apenas aguentou 36 segundos sobre o tatami antes de ser derrotado por ippon.

Nos -90 kg, Marcus Nyman subiu ao lugar mais alto do pódio pela segunda vez esta temporada. O sueco, que já tinha conquistado a medalha de ouro em Düsseldorf, imobilizou o sérvio Aleksandar Kukolj e garantiu assim o triunfo por ippon.

Bastante parecido foi o trajeto de Iakiv Khammo nos +100 kg. O ucraniano de apenas 21 anos também festejou a segunda vitória da temporada e também já tinha vencido no torneio alemão. Em Baku, levou de vencida o holandês Roy Meyer graças a um waza-ari já no tempo extra.

Nas senhoras, Guusje Steenhuis repetiu o triunfo do ano passado nos -78 kg e nem precisou de pisar o tatami. A holandesa beneficiou da desistência por lesão da sua adversária na final, a compatriota Marhinde Verkerk.

Uma história que se repetiu nos +78 kg. Desta vez, o triunfo sorriu à japonesa Kanae Yamabe, a azarada foi a chinesa Song Yu, que sofreu uma lesão das costas durante o seu triunfo no combate das meias-finais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Judo: Azerbaijão fecha Grand Slam de Baku no topo

Sueca Tara Babulfath brilha no arranque do Grand Slam de Judo em Baku

Grand Slam de Judo de Baku: Anna-Maria Wagner triunfa nos -78 kg