EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Alemanha: Bundestag inclui Marrocos, Tunísia e Argélia em lista de "países seguros"

Alemanha: Bundestag inclui Marrocos, Tunísia e Argélia em lista de "países seguros"
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Bundestag – a câmara baixa do Parlamento alemão – aprovou o polémico projeto de lei do governo de Angela Merkel que inclui Marrocos, Tunísia e

PUBLICIDADE

O Bundestag – a câmara baixa do Parlamento alemão – aprovou o polémico projeto de lei do governo de Angela Merkel que inclui Marrocos, Tunísia e Argélia na lista de “países seguros”, o que se traduzirá num tratamento mais rápido dos pedidos de asilo de migrantes provenientes dos três países e facilitará as expulsões.

O texto precisa agora de ser ratificado em junho no Bundesrat, a câmara alta da assembleia.

Andrej Hunko, deputado da oposição de esquerda, afirmou que “esta foi uma sexta-feira negra para os direitos básicos de asilo na Alemanha. Este projeto de lei constitui uma mutilação adicional da legislação do asilo na Alemanha”.

A ONG Pro Asyl acusou o executivo germânico de “ignorar as violações de Direitos Humanos” em Marrocos, na Tunísia e na Argélia e pôs em causa a constitucionalidade do projeto de lei, que classifica de “oportunismo político”.

Os pedidos de asilo de cidadãos dos três países do Magrebe dispararam no ano passado, com as enormes vagas de refugiados que chegavam à Alemanha, mas reduziram de forma drástica em 2016, com o fecho da chamada “rota dos Balcãs”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Argélia abandona migrantes no deserto do Sahara

Parlamento alemão debate violência no país e condena ataque contra Robert Fico

Borrell compara destruição em Gaza com danos causados nas cidades alemãs na Segunda Guerra Mundial