Última hora
This content is not available in your region

Ataques terroristas penalizam contas do Eurostar

Ataques terroristas penalizam contas do Eurostar
Tamanho do texto Aa Aa

Os ataques terroristas em Paris e em Bruxelas penalizaram o Eurostar, o serviço ferroviário de alta velocidade entre Londres e o continente europeu.

Nos primeiros três meses do ano, em termos homólogos, as vendas de bilhetes recuaram 6% para 261 milhões de euros.

O número de passageiros baixou 3%. O Eurostar transportou 2,2 milhões de pessoas, menos 100 mil passageiros face ao primeiro trimestre do ano passado.

Apesar dos desafios, a empresa está confiante.

Se os viajantes norte-americanos e asiáticos se mantém cautelosos, a empresa começa a sentir os efeitos do futebol.

Segundo o presidente executivo do Eurostar, Nicolas Petrovic, nas últimas semanas houve um aumento da procura, graças ao Euro2016, que começa em junho em França.

O Eurostar estima que meio milhão de britânicos vão deslocar-se para assistir à competição desportiva.