EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

França: Cheias devem custar 1.000 milhões de euros

França: Cheias devem custar 1.000 milhões de euros
Direitos de autor 
De  Marco Lemos com afp, efe
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As cheias em França devem custar cerca de 1.000 milhões de euros. As águas já começaram a baixar mais o alerta laranja mantém-se em 14 departamentos.

PUBLICIDADE

1.000 milhões de euros: é o custo estimado das cheias em França. Apesar de, lentamente, as águas começaram a descer, foi necessário criar um corredor seco na autoestrada que liga Paris a Bordéus para retirar cerca de 200 viaturas que estavam bloqueadas há quase uma semana.

Para “acelerar as indemnizações” das piores cheias em mais de 30 anos, o governo francês quer que, até certos montantes, as seguradoras paguem diretamente aos lesados sem realizarem uma peritagem.

O mau tempo, na última semana, custou a vida a 4 pessoas em França.

Esta segunda-feira, 14 departamentos continuavam em alerta laranja, o segundo mais grave.

METEO. Inondations, #orages. La #Normandie toujours en alerte, les prévisions : https://t.co/0TH0Iv86Uepic.twitter.com/Uc5xntVkfm

— Normandie-Actu (@NormandieActu) June 6, 2016

Desde 1982 que as águas do Sena, em Paris, não subiam tanto. Nesse ano, chegaram a 6,18 metros, mais oito centímetros do que na noite de sexta para sábado.

#CrueParis Suivez l'évolution de la situation minute par minute https://t.co/YCLmiRwsWA

— France 3 Paris (@France3Paris) June 3, 2016

Se a Notre-Dame não chegou a fechar, apesar de estar numa pequena ilha no meio do Sena, o Grand Palais só reabriu este domingo. Já o Louvre, o museu mais visitado do mundo, só deverá reabrir portas na quarta-feira.

#Inondationsmanuelvalls</a> annonce un "fonds d&#39;extrême urgence" pour les sinistrés modestes>> <a href="https://t.co/sjtpvwdGlW">https://t.co/sjtpvwdGlW</a> <a href="https://t.co/egUCgWcUtR">pic.twitter.com/egUCgWcUtR</a></p>&mdash; Public Sénat (publicsenat) June 6, 2016

O governo já anunciou a criação de um fundo de emergência para apoiar as vítimas das inundações.

Quels sont les sept réflexes à avoir en cas d'inondation ? #Inondations#CrueSeine

➡️ https://t.co/gve4CEOhZJpic.twitter.com/o5cF5dfx17

— francetv info (@francetvinfo) June 6, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França: nível da água no rio Sena continua a descer

Tempestade Mónica faz pelo menos três mortos no sul de França

Inundações em França fazem um morto e seis desaparecidos