EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Comboio humanitário chega a Daraya

Comboio humanitário chega a Daraya
Direitos de autor 
De  Nara Madeira com APTN, REUTERS, AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O primeiro comboio humanitário das Nações Unidas para a oposição síria, com entre outras coisas alimentos, chegou a Daraya, a sudoeste de Damasco, a capital da Síria, mas os bens que transporta ainda

PUBLICIDADE

O primeiro comboio humanitário das Nações Unidas para a oposição síria, com entre outras coisas alimentos, chegou a Daraya, a sudoeste de Damasco, a capital da Síria, mas os bens que transporta ainda não chegaram às populações.

Previa-se que a distribuição começasse esta sexta-feira mas com os ataques aéreos a posições rebeldes, por parte das forças governamentais, ficou adiada.

Just delivered food, nutrition, health, medical, WASH & education supplies in #Daraya#Syria with UN</a> <a href="https://twitter.com/SYRedCrescent">SYRedCrescentpic.twitter.com/uLlH0tMPVR

— OCHA Syria (@OCHA_Syria) 10 de junho de 2016

Os camiões das Nações unidas chegaram, na noite de quinta para sexta-feira, acompanhados por outros do movimento Crescente Vermelho Árabe Sírio.

Inter-agency convoy entering #Douma#Syria with food, nutrition, health and other emergency items UN</a> <a href="https://twitter.com/SYRedCrescent">SYRedCrescentpic.twitter.com/c6C5a0Qmqh

— OCHA Syria (@OCHA_Syria) 10 de junho de 2016

Na semana passada tinha chegado ajuda humanitária mas apenas medicamentos a esta região fustigada pela guerra.

Daraya está cercada pelas forças que apoiam Bashar al-Assad já que está nas mãos dos rebeldes. Há seis anos, desde o começo da guerra civil no país, que é alvo de bombardeamentos.

Os casos de malnutrição agravam-se na cidade onde vivem cerca de 4 milhares de habitantes.

A ONU estima que vivam, atualmente, em estado de sítio quase 600 mil pessoas na Síria. A grande maioria cercada pelas forças do governo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

ONU confirma a detenção de 11 funcionários no Iémen

Rebeldes Houthi detêm pelo menos 9 membros da ONU, dizem as autoridades

EUA esperam resposta positiva de Israel sobre acordo de cessar-fogo e de reféns em Gaza