Reino Unido: Jeremy Corbyn perde confiança dos deputados trabalhistas

Reino Unido: Jeremy Corbyn perde confiança dos deputados trabalhistas
De  Nara Madeira com RTP, Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A saída do Reino Unido da União Europeia pode também ditar o fim de Jeremy Corbyn enquanto responsável pelos trabalhistas.

PUBLICIDADE

A saída do Reino Unido da União Europeia pode também ditar o fim de Jeremy Corbyn enquanto responsável pelos trabalhistas. Corbyn perdeu a confiança dos seus deputados no parlamento. A moção, entregue na assembleia britânica na última sexta-feira, foi aprovada pela maioria dos deputados trabalhistas, 172 contra 40. A votação não tem um caráter vinculativo mas é um indicador das consequências do último referendo. A moção e as demissões no governo sombra trabalhista.

Parliamentary Labour Party motion of no confidence in Jeremy Corbyn, result (MPs):
Confidence: 40
No confidence: 172

— Britain Elects (@britainelects) 28 de junho de 2016

Em causa está, entre outras coisas, a forma como Jeremy Corbyn conduziu a campanha pela permanência do Reino Unido na União Europeia. Desde a vitória do Brexit no referendo que os pedidos de demissão de Corbyn se multiplicam.

Corbyn já veio dizer que não se demite porque foi eleito democraticamente e porque a moção não tem “legitimidade constitucional”.

Those wanting to change the Labour Party leadership will have to take part in a democratic election pic.twitter.com/bIAYB0cpwZ

— Jeremy Corbyn MP (@jeremycorbyn) 27 de junho de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Unionistas terminam bloqueio: parlamento da Irlanda do Norte pode retomar atividade no fim de semana

Batalha legal contra as "prisões" temporárias de requerentes de asilo em Inglaterra

Marcha pela reintegração do Reino Unido na União Europeia