Última hora

Última hora

EI afirma que jovem afegão abatido na Alemanha era um dos seus "combatentes"

EI afirma que jovem afegão abatido na Alemanha era um dos seus "combatentes"
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo extremista Estado Islâmico afirma que o jovem que atacou vários passageiros num comboio na noite de segunda-feira na Alemanha era um dos seus combatentes.

Esta manhã as autoridades removeram o corpo do jovem do local onde foi abatido por forças policiais.

As autoridades alemãs anunciaram terem ainda encontrado uma bandeira artesanal do grupo terrorista Estado Islâmico no quarto que o jovem adolescente afegão ocupava na casa de uma família de acolhimento com a qual vivia há duas semanas.

Após o ataque, o jovem refugiado afegão, de 17 anos de idade, teria conseguido fugir do comboio tendo sido perseguido por forças policiais que o abateram de seguida.

O comboio efetuava a ligação entre Treuchtlingen e Wuerzburg.

Pouco passava das 9 da noite, hora local, quando o jovem atacou vários passageiros com um machete e uma faca. O ataque resultou em quatro feridos graves.

Em 2015, a Alemanha acolheu cerca de um milhão de migrantes, incluindo milhares de menores não acompanhados.