This content is not available in your region

MH370: Autoridades suspendem buscas

Access to the comments Comentários
De  Miguel Roque Dias  com REUTERS, AFP
euronews_icons_loading
MH370: Autoridades suspendem buscas

Estão suspensas, até que se encontrem novas provas, as buscas pelo avião do voo MH370 da Malaysia Airlines que desapareceu em março de 2014 com 239 pessoas a bordo.

Isto não significa que tenhamos desistido de localizar o MH370. Se houver alguma notícia credível, ou alguma prova nova credível, continuaremos a trabalhar.

Liow Tiong Lai Ministro malaio dos Transportes

A decisão foi anunciada pelo ministro malaio dos Transportes, Liow Tiong Lai, depois de uma reunião com os homólogos australiano e chinês.

“Devo enfatizar que isto não significa que tenhamos desistido de localizar o MH370. Se houver alguma notícia credível, ou alguma prova nova credível, continuaremos a trabalhar em conjunto e a analisar as provas”, informou o governante malaio.

O Boeing 777 desapareceu dos radares 40 minutos depois de descolar de Kuala Lumpur, na Malásia, rumo a Pequim, na China, a 8 de março de 2014, com 227 passageiros e 12 tripulantes a bordo.

Foram recuperados cinco destroços da aeronave em praias na costa oriental de África, em Moçambique e África do Sul, e nas ilhas Maurícia e Reunião.

Desde o desaparecimento, foram realizadas buscas subaquáticas numa área de 120 mil quilómetros quadrados, no sul do Oceano Índico. A operação custou, já, mais de 122 milhões de euros.