EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Tempestade Earl causa aluimentos mortais no México

Tempestade Earl causa aluimentos mortais no México
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Além dos mortos e feridos, a catástrofe natural deixou milhares de desalojados.

PUBLICIDADE

As chuvas torrenciais causadas pela tempestade tropical Earl já fizeram pelo menos 40 mortos nas regiões centro e leste do México.

Os estados de Veracruz, Puebla e Hidalgo são, por enquanto, os mais afetados. Só no Estado montanhoso de Puebla, a tempesatade tropical, que chegou a atingir o nível de furacão, matou pelo menos 28 pessoas.

Os aluimentos de terras deixaram soterradas muitas casas, sobretudo nos municípios de Huauchinango e Tlaola, ambos em Puebla. Além dos mortos e feridos, a catástrofe natural deixou milhares de desalojados.

Alguns sobreviventes, recolhidos num abrigo temporário, contam como tudo aconteceu: “A água chegou exatamente às 11 horas e arrasou as casas. Nós conseguimos escapar, mas infelizmente alguns vizinhos não tiveram a mesma sorte”, conta Felipe Alonso, um dos sobreviventes de um aluimento.

As autoridades do Estado de Puebla já ativaram os fundos de emergência para socorrer as vítimas e reconstruir as zonas afetadas. Como muitas zonas são de difícil acesso, não é de excluir que haja mais vítimas mortais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sismo de 5,8 sentido na região centro do México

Furacão Otis deixa destruição e morte em Acapulco

Furacão "Otis" irrompe por Acapulco a 300 quilómetros/hora e faz 27 mortos