Síria: Forças sírias lançam último ataque para reconquistar Manbij do Daesh

Síria: Forças sírias lançam último ataque para reconquistar Manbij do Daesh
De  Miguel Roque Dias com Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As Forças Democráticas da Síria, apoiadas pelo exército norte-americano, lançaram o ataque final contra os militantes do grupo Estados Islâmico, na cidade de Manbij, no norte do…

PUBLICIDADE

As Forças Democráticas da Síria, apoiadas pelo exército norte-americano, lançaram o ataque final contra os militantes do grupo Estados Islâmico, na cidade de Manbij, no norte do país.

U.S.-backed forces say launch final assault against Islamic State in Syria's Manbij https://t.co/x8b0ReBkRGpic.twitter.com/biLLaEOUvA

— Reuters Top News (@Reuters) August 12, 2016

As imagens estão a ser partilhadas nas redes sociais e carecem, ainda, de confirmação.

As forças sírias dizem controlar a quase totalidade da cidade e que restam cerca de uma centena de jihadistas, no cento de Manbij. Os civis estarão a ser utilizados como escudos humanos. Várias pessoas morreram a tentar fugir da cidade.

Mais a oeste, em Alepo, continuam os combates entre as forças rebeldes e as tropas de Bashar al-Assad, apoiadas pela Força Aérea russa.

A cidade tem sido palco de bombardeamentos, nas últimas semanas.

Um rebelde denuncia que um mercado foi atingido por bombas de fragmentação, provocando seis mortos e dezenas de feridos.

As forças oposicionistas divulgaram um vídeo de um hospital para mulheres e crianças, no norte de Alepo, que terá sido atingido, esta sexta-feira, por um bombardeamento das forças do regime.

Pelo menos 20 pessoas morreram, algumas eram crianças, e pelo menos outras 10 ficaram feridas.

Children 'die in our arms', says Syria doctor in plea to Obama over Aleppo siege https://t.co/Jr87oxSaLp

— AFP news agency (@AFP) August 11, 2016

Apesar dos apelos da ONU para um cessar-fogo, que permita ajudar a população, a violência continua, sem tréguas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Duas crianças entre os seis mortos após bombardeamentos de Assad em Idlib

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs

Ataque aéreo provoca várias vítimas mortais num mercado no noroeste da Síria