Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Sismo Itália: Governo de Renzi quer avançar com medidas de prevenção a longo prazo

Sismo Itália: Governo de Renzi quer avançar com medidas de prevenção a longo prazo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ao mesmo tempo que decorrem as operações de busca e salvamento, o Governo italiano decretou o estado de emergência, aprovou um primeiro pacote de ajudas no valor de 50 milhões de euros e a suspensão da cobrança de impostos aos habitantes das áreas atingidas. A decisão foi tomada esta quinta-feira após o Conselho de Ministros.

Mas, para além destas medidas imediatas, o primeiro-ministro Mateo Renzi quer avançar já com medidas a longo prazo: “Casas Italianas, um plano sério, não é apenas uma lista de palavras, é algo que deve envolver todos. O projeto chamado Casas Italianas vai ser o mais sério e sistemático. O facto não termos tido sucesso antes não quer dizer que não devemos voltar a tentar, com a ajuda de todos”.

O chefe do governo italiano lembrou ainda é necessário “mudar a mentalidade. É preciso de um novo modelo de desenvolvimento, mas também de prevenção”.

Depois desta catástrofe estão a ser levantadas muitas questões quanto ao cumprimento das regras de segurança no país: por exemplo, uma escola de Amatrice, inaugurada em 2012 e teoricamente construída de acordo com as regras anti-sismicas, desabou com este terramoto. Este caso já está a ser investigado pelas autoridades.