Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Moldávia: protestos nos 25 anos da independência

Moldávia: protestos nos 25 anos da independência
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A celebração dos 25 anos da independência da Moldávia ficou marcada por protestos da oposição, aos quais a polícia respondeu com gás lacrimogéneo.

Os manifestantes tentaram impedir a marcha de 2000 militares no centro de Chisinau, denunciando o custo elevado do programa oficial do aniversário, naquele que é um dos países mais pobres da Europa.

Um manifestante explica que decidiram “celebrar desta forma, porque não [se sentem] livres. A população é pobre e as pessoas abandonam o país. Cada vez se vive pior e os que recentemente roubaram mil milhões de dólares do povo organizam agora paradas militares, esbanjando o orçamento necessário para os tempos de crise”.

A oposição acusa o presidente Nicolae Timofti e o governo do primeiro-ministro Pavel Filip de terem permitido, no ano passado, o desaparecimento de mil milhões de dólares das reservas do Estado, num escândalo que continua por explicar.