Última hora
This content is not available in your region

Moldávia: protestos nos 25 anos da independência

Moldávia: protestos nos 25 anos da independência
Tamanho do texto Aa Aa

A celebração dos 25 anos da independência da Moldávia ficou marcada por protestos da oposição, aos quais a polícia respondeu com gás lacrimogéneo.

Os manifestantes tentaram impedir a marcha de 2000 militares no centro de Chisinau, denunciando o custo elevado do programa oficial do aniversário, naquele que é um dos países mais pobres da Europa.

Um manifestante explica que decidiram “celebrar desta forma, porque não [se sentem] livres. A população é pobre e as pessoas abandonam o país. Cada vez se vive pior e os que recentemente roubaram mil milhões de dólares do povo organizam agora paradas militares, esbanjando o orçamento necessário para os tempos de crise”.

A oposição acusa o presidente Nicolae Timofti e o governo do primeiro-ministro Pavel Filip de terem permitido, no ano passado, o desaparecimento de mil milhões de dólares das reservas do Estado, num escândalo que continua por explicar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.