Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Turquia-UE: Schulz tenta apaziguar mas Ancara não cede

Turquia-UE: Schulz tenta apaziguar mas Ancara não cede
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A tentativa de Martin Schulz para apaziguar as tensões entre a União Europeia e a Turquia não parece ter surtido grande efeito.

O presidente do Parlamento Europeu deslocou-se esta quinta-feira a Ancara, na primeira visita oficial de um dirigente europeu ao território turco desde a tentativa falhada de golpe de Estado de 15 de julho.

Schulz precisou que “no que diz respeito à liberalização de vistos”, a Turquia precisa de “implementar todos os critérios, incluíndo a reforma da legislação antiterrorista”. Mas também deixou “claro que todo o processo permanece em aberto, não está terminado, e ambos os lados podem avançar no sentido de se aproximarem”.

A “porta ligeiramente aberta” pelo presidente do Parlamento Europeu, não permitiu obter concessões por parte do primeiro-ministro turco.

Binali Yildirim afirmou que a Turquia “não pode fazer alterações nas leis antiterroristas, devido à situação que enfrenta atualmente, que é uma situação de vida ou de morte para os turcos. É um assunto que afeta a segurança da Turquia. E a Europa também precisa de lutar contra o terrorismo”.

Ancara tem ameaçado suspender o acordo concluído em março com a União Europeia para fazer face à crise migratória, devido aos atrasos na isenção de vistos aos cidadãos turcos que pretendem entrar no território comunitário.